Parcele em até 6x sem juros Parcele em até 6x sem juros
Frete grátis nas a partir de R$250 para Sul e Sudeste Frete grátis nas a partir de R$250 para Sul e Sudeste
10% de desconto na sua primeira compra 10% de desconto na sua primeira compra
Acesso ao Lojista
Menu Carrinho Minha Conta

Pratique o consumo consciente

Voltar
Publicado em: 01/11/2021
Compartilhe nas Redes:

Pratique o consumo consciente

O mês de novembro é um período aguardado por quem adora promoções. Black november, black weekend, black friday...  são várias oportunidades para adquirir novos produtos e renovar o armário.

Mas antes de sair comprando tudo o que vê por aí, que tal olhar um pouco pra esse processo e pensar sobre como cada pequena ação pode impactar de forma ambiental e social?
A Dedeka convida constantemente seus clientes e parceiros para repensar algumas atitudes em relação ao consumo. É claro que é importante que a cadeia produtiva funcione, mas é preciso que todo esse ciclo seja sustentável. E sustentabilidade não tem a ver só com meio ambiente. É sobre economia, é sobre impacto social, é sobre cidadania.
Já havíamos mencionado em posts anteriores sobre algumas atitudes importantes nesse sentido. E nada melhor do que aproveitar essa época pra relembrar e, quem sabe, colocar em prática algumas dessas dicas:

 

1. Conheça a origem das suas roupas: que tal conhecer um pouco da empresa que fabrica os produtos que você está comprando? A história, os processos, se atuam de forma ética e transparente, se tem manejo adequado no destino de resíduos, se respeitam a CLT... enfim, se é uma empresa confiável e se está de acordo com seus princípios.

 

 

 

 

 

2. Antes de comprar, reflita: vou precisar mesmo dessa peça? Evite comprar apenas por impulso. Dê uma boa olhada no armário e veja se não há peças muito similares que estão esquecidas na gaveta. E aquelas que não servem ou não são usadas, doe!

 

 

3. Mais qualidade, menos quantidade: ser sustentável é optar por peças que durem mais e gerem menos descarte.

 

4. Analise as matérias-primas: busque informações de outros clientes sobre o quanto a peça é durável e confortável. Fique de olho nas avaliações em sites que vendam esses produtos e questione sempre que houver dúvidas.

 

 

 

 

5. Valorize o local: o produto brasileiro é muitas vezes considerado – de forma equivocada – um produto com qualidade inferior. Consumir produtos locais ajuda a nossa indústria a se manter ativa e movimenta a economia, gerando renda direta e indireta para muitas pessoas.

Além disso, o caminho e o tempo de transporte são menores, o que representa uma diminuição na emissão de gás carbônico.

 

 

 

 

6. Use, troque, doe, customize: peças de primeira mão não são a única opção. Produtos de qualidade também duram mais e podem ser doados, trocados ou se enjoar, dá até pra customizar!

 

 

 

 

 

Compartilhe nas Redes:

Comentários

Nenhum comentário para esta postagem. Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

Carregando

Carregando

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de usuário.
Clique aqui para conhecer nossa política de privacidade.

Sim, aceito Não aceito, gerenciar permissões
Gerenciar permissões
Leia nossa política de privacidade.