Blog da Dedeka

Voltar
22/03/2020

#Dica de leitura: A literatura pode ajudar na hora do desfralde

#Dica de leitura: A literatura pode ajudar na hora do desfralde

O processo do desfralde é um passo muito importante para o desenvolvimento das crianças. É um grande momento de autonomia e precisa ser feito de forma tranquila. Muitas vezes não sabemos como fazer, como dialogar sobre esse assunto e nem como introduzir o penico ou o vaso sanitário no cotidiano dos pequenos.

A hora do desfralde deixa os pais, principalmente os de primeira viagem, um pouco perdidos. A literatura pode ajudar nesse momento e transformá-lo num acontecimento lúdico e sereno. Indicamos três obras do autor Guido van Genechten, publicados no Brasil pela editora Brinque-Book, que podem introduzir o assunto para os pequenos e também orientar os pais para o desfralde.


O que tem dentro da sua fralda?

Este livro trabalha de forma bem divertida aquele momento de transição em que a criança ainda usa a fralda e também o penico. Um ratinho muito curioso (como toda criança) quer descobrir o que tem dentro das fraldas dos seus amigos. Então, o ratinho procura o coelho, a cabrita, o cachorrinho, o bezerro, o potrinho e o porquinho, e de forma bem-educada pede para dar uma espiada. Todas as fraldas estão cheias de cocozinhos! Diferentes cocozinhos mostrando a diversidade de algo que todo mundo faz!
Esse livro é interativo. Algumas ilustrações das fraldas possuem abas removíveis e a criança pode abrir e enxergar esses diferentes cocozinhos dentro das fraldas. A brincadeira do esconder e mostrar é diversão garantida para os pequenos!
Depois de ver todas as fraldas dos amigos o ratinho é questionado sobre o que tem dentro da sua. Para a surpresa de todos os animais a fralda do ratinho está vazia. Nesse momento ele apresenta o penico para seus amigos demonstrando que mesmo usando fraldas ele já está fazendo suas necessidades nesse objeto. Penico apresentado, todos os amigos querem experimentar!

 

 

 

Um presente incrível!

Nessa obra papai e mamãe elefante chegam em casa com um super presente para o seu filho elefantinho. Ao abrir o pacote, ele encontra um penico vermelho. Mas para que serve um penico? Sem saber, começa a usar o presente de diferentes formas: chapéu, volante, copo gigante e aquário. Até o momento em que o papai elefante intervém. Mostra como usar o penico e sua serventia para fazer xixi e cocô. Encantado com o presente e com essa possibilidade de uso, o elefantinho tenta utilizar sozinho o penico. Primeiro xixi, depois cocô! A história mostra a busca pela autonomia, incentivada com afeto pelos pais e observada por um peixe que está no aquário e tem diferentes reações a cada ação desse fofo elefantinho.

 

 

 

 

 

 


Apertado

Esse terceiro livro aborda a passagem do uso do penico para o vaso sanitário. A história apresenta um cachorro que já não usa mais fraldas mas está muito apertado para fazer as suas necessidades. Ao procurar o seu penico, descobre que sua irmã está sentada nele. A cada página o autor apresenta a saga do cachorro atrás de um penico desocupado. Mas todos estão ocupados! Tem rato, sapo, zebra, girafa, elefante ocupando os penicos. De repente o cachorro encontra a porta do banheiro e ele está desocupado. Como o aperto pra fazer xixi e coco é tão grande ele se aventura a usar o vaso pela primeira vez. Após usar, limpa bem o bumbum, dá descarga e anuncia todo orgulhoso: “Mana! Pode ficar com o meu penico! Eu não preciso mais dele!” Um grande passo de autonomia! A obra traz diferentes expressões que muitas vezes repetimos quando vamos ao banheiro “tem gente”, “com visita”, “trabalhando”...

 

 

 

 

 

 

O desfralde sem traumas é fundamental no desenvolvimento da confiança para a criança conhecer o seu corpo e como ele funciona. Indicamos também a leitura do artigo Desfralde sem traumas: dicas de mães sobre como começar que está lá no Blog do Clube Quindim.

 

 

 

Volnei Canônica

Presidente do Instituto Quindim e especialista em Literatura Infantil e Juvenil

@institutodeleituraquindim
facebook.com/institutodeleituraquindim
 

Compartilhe nas Redes: