Blog da Dedeka

Voltar
12/11/2020

#Dica de leitura: Afinal, um livro serve pra quê?

#Dica de leitura: Afinal, um livro serve pra quê?

.
Por Volnei Canônica

Hoje escolhemos dois livros da editora Pulo do Gato que, além de aguçar a imaginação da criança, permitem aos papais perceber a importância do livro desde o início da infância.

.
.
.
.

Como ensinar seus pais a gostarem de livros para crianças
Autores: Alain Serres e Bruno Heitz – Tradução: Dolores Prades

Livro Como ensinar seus Pais
 

 

 

 


 

 

Esse livro apresenta de forma divertida e imaginativa os medos e desconhecimentos dos pais sobre um livro infantil, suas temáticas, seus personagens. Os pais estão sempre cheios de dúvidas e querem garantir o melhor para os seus filhos. Garantir que eles estejam em segurança. Garantir que eles cresçam adquirindo conhecimento e ampliando o seu imaginário. Muitas vezes, os medos ou a falta de informação dos adultos sobre o universo da infância, dificultam um pouco a hora de escolher um livro.

Na obra Como ensinar seus pais a gostarem de livros para crianças a voz narrativa da infância conduz os pais a uma aventura através dos livros infantis, desmistificando algumas visões e construindo um diálogo mais próximo da criança e do seu entendimento de mundo. Por exemplo, se alguns pais acham histórias de lobos maus assustadoras ou se dizem que bruxas e fadas não existem, a história mostra que a criança percebe isso de outra maneira e que ela gosta sim de ouvir esse tipo de história.

Este livro não se propõe a ser um manual, mas pode funcionar como roteiro criativo de desconstrução do mundo adulto, ampliando assim, uma escuta mais sensível sobre o universo da criança.


Pra que serve um livro?
Autora Chloé Legeay – Tradução: Márcia Leite







 






Uma pergunta bem constante dos papais é essa: Pra que serve um livro? Não existe uma única resposta. Então, a cada página deste livro, vamos descobrindo a multiplicidade de possibilidades que uma história traz. Dizer que um livro serve só pra isso ou só pra aquilo é limitar a interação com a arte e os artistas. A obra apresenta uma combinação de imagens e palavras que trabalham com questões da ordem concreta e do imaginário. “O livro é uma aventura que você vive sem sair do lugar.”, “O livro faz você crescer!”, “O livro é suspense e calafrios!”. Pensar o livro como um brinquedo, como entretenimento, mas também como um espaço de conhecimento e vivências é um pouco a temática desta história que diverte, emociona, questiona e acolhe o leitor com afeto. Uma história para ser compartilhada, trazendo às famílias o entendimento do livro como objeto que precisa estar mais presente no dia-a-dia.

Agora que papais e crianças já conhecem mais sobre o livro, vamos ler? Boas leituras!

Volnei Canônica

Presidente do Instituto de Leitura Quindim e especialista em Literatura Infantil e Juvenil




Saiba mais:
@institutodeleituraquindim
facebook.com/institutodeleituraquindim

www.institutoquindim.com.br

 

Compartilhe nas Redes: