Blog da Dedeka

Voltar
11/12/2020

#Dica de leitura: Criança merece livro no Natal!

#Dica de leitura: Criança merece livro no Natal!

Por Volnei Canônica

O Natal está chegando e sempre pensamos e dar livros de presentes para os adultos. Mas porque não damos livros de presente para as crianças?

O livro precisa ser visto como um brinquedo, como um objeto de diversão! Precisamos desmistificar que livros estão vinculados só à escola. Uma ideia ultrapassada, na qual não existe diversão na ficção ou no conhecimento. Nós adultos esquecemos que o livro estabelece um jogo com o leitor. Se for um bom livro, então será um jogo inteligente e desafiador.
O Natal é carregado de simbologias. Por exemplo, a árvore de Natal onde vamos colocar os livros que vamos dar de presente. Se você preferir, ao invés de colocar embaixo da árvore você pode deixar para o Papai Noel entregar pessoalmente.

Eu já fiz minha lista de compras de Natal e inclui histórias lindas!
 

Olivia ajuda no Natal – Obra de Ian Falconer, tradução Deisa Chamahum Chaves, publicado pela editora Globo.

Olivia é uma porquinha muito conhecida e adora contar as suas aventuras. Na noite de Natal. Olivia quer ser prestativa e ajudar a sua mãe a organizar tudo para a chegada do Papai Noel. Mas a ansiedade e o jeito meio atrapalhado de Olivia vai transformando essa ajuda em uma noite muito engraçada. O premiado ilustrador americano Falconer sempre mistura em suas ilustrações fotografias de outros artistas, conhecidos ou não. Uma homenagem reafirmando que não existem fronteiras entre as artes.

 

 

 

A mais bela noite de Natal - Livro de Sophie Beaude e Jérôme Ruillier, com tradução de Irami B. Silva e publicado pela Escala Educacional.

Em tom de segredo, um avô e seu neto compartilham o espírito natalino. Uma história que traz a expectativa, a surpresa, o novo, o singelo, as relações entre as pessoas. O ilustrador Jérôme Ruillier desenvolve seus desenhos com traço muito próximo ao da criança que está começando a desenhar. O lápis de cor segue várias direções, e não uma única, preenchendo as imagens de forma não linear ou uniformizada. Um recado do artista para deixarmos a criança livre no seu processo de criação, sem exigir que ela pinte sempre dentro de um limite pré-estabelecido, na mesma direção e sem sobrepor as cores.

 

Porque colocamos estrelas nas árvores de Natal - Livro de Nadia Heppell, com tradução de Luciana Fiuza Roberto editado pela Aletria.

O cão Lurijo quer se destacar em um concurso de árvores de Natal e ganhar o prêmio: um bolo de chocolate! Esta história apresenta ao leitor um olhar sobre a simplicidade, sobre tudo que está ao nosso redor e sua possibilidade de inovação. Zara, amiga de Lorijo, ilumina a história, com suas estrelas, para deixar mais evidente que a verdadeira diferença acontece quando temos amigos e entendemos a necessidade de cooperar, estabelecendo importantes laços afetivos no nosso dia a dia. Nadia, com suas pinceladas de tinta a óleo, traz os detathes natalinos sempre num recorte de zoom nesta grande tela que é a página do livro.

 

 

 

O natal de ManuelObra de Ana Maria Machado e Cecilia Esteves, editora Global.

O nome Manuel é considerado uma variante de Emanuel, que tem origem no hebraico Immanuel, composto pela junção dos elementos immánu, que quer dizer "conosco" e El, que se refere a "Deus”, “Senhor”. Deus conosco! Nesta história André é um menino “perguntadeiro” que está atrás do significado do Natal. De pergunta em pergunta, para os pais, para a irmã, para a avó, para os tios, para a cozinheira, para os amigos, o Natal se revela de forma diferente para cada pessoa. Mas uma grande surpresa a escritora Ana Maria Machado reservou para o final.

 

 

 

 

 

 

 

 

Volnei Canônica
Presidente do Instituto de Leitura Quindim e especialista em Literatura Infantil e Juvenil


Saiba mais:
@institutodeleituraquindim
facebook.com/institutodeleituraquindim
www.institutoquindim.com.br

Compartilhe nas Redes: