Blog da Dedeka

Voltar
27/04/2020

Fashion Revolution: Reflexões sobre o consumo

Fashion Revolution: Reflexões sobre o consumo

É tempo de #FashionRevolution, um movimento mundial na indústria da moda que questiona... Quem fez minhas roupas?

Essa ação surgiu depois do desabamento do edifício Rana Plaza em 2013, que produzia itens de vestuário para grandes marcas do mundo em péssimas condições de trabalho. Mais de 1000 pessoas morreram e outras 2500 ficaram gravemente feridas. Essa tragédia levou várias pessoas, empresas e entidades a olharem para o setor com mais atenção e reforçar práticas que mostrem como a moda deve ser algo inspirador não apenas na peça, mas em toda a sua cadeia produtiva. 

Aqui na Dedeka adoramos compartilhar com vocês um pouquinho do que a gente faz e também mostrar as pessoas que fazem parte disso. Inclusive, você pode acompanhar nas nossas postagens em anos anteriores um pouquinho da nossa equipe e tirar algumas dúvidas sobre nossos processos. Só que nesse momento, parte da nossa equipe está em casa por conta da pandemia do Covid-19, que exige esses e outros tantos cuidados.

E falando em cuidado, esse é um momento oportuno pra gente refletir sobre toda nossa relação com o próximo, com o mundo e com o que a gente consome. Já parou pra pensar que atitudes simples impactam toda uma cadeia de produção? Que optar por um produtor local ao comprar alimentos, por exemplo, pode salvar um negócio?

E na moda isso não é diferente.
Pequenas ações podem ajudar a melhorar cada vez mais o futuro de um segmento que hoje emprega diretamente mais de 1,5 milhão de pessoas. Mas como?

A Dedeka separou algumas dicas pra gente refletir sobre esse assunto:

1. Conheça a origem das suas roupas: que tal conhecer um pouco da empresa que fabrica essa peça? Sua história, seus processos, se atuam de forma ética e transparente. Se tem cuidados com o destino de resíduos, se respeitam a CLT...

2. Antes de comprar, reflita: vou precisar mesmo dessa peça? Evite comprar apenas por impulso.

3. Mais qualidade, menos quantidade: Ser sustentável é optar por peças que durem mais e gerem menos descarte.

4. Analise as matérias-primas: busque informações de outros clientes sobre o quão a peça é durável e confortável.

5. Valorize o local: o momento que estamos passando requer um olhar pra produção brasileira. Consumir produtos locais ajuda a nossa indústria a se manter ativa.

6. Use, troque, doe, customize: peças de primeira mão não são a única opção. Peças de qualidade também duram mais e podem ser doadas, trocadas ou se enjoar, dá até pra customizar!

E aí? Bora começar essa revolução hoje mesmo? Questione!

No nosso Instagram abrimos espaço para perguntas, mas você pode nos procurar sempre por e-mail, whatsapp e telefone. 

dedeka@dedeka.com.br | (54) 99147-2345 | (54) 3222 8527

Compartilhe nas Redes: